Compartilhar

Um dos principais festivais do país, o MADA (Música Alimento da Alma) fortalece o coro feminino no line up e anuncia Luísa e os Alquimistas e demonia para a edição de 20 anos que acontecerá nos dias 12 e 13 de outubro, no estádio Arena das Dunas. Enquanto Luísa faz sua segunda apresentação no festival – a primeira foi em 2015 -, a banda demonia faz sua estreia nos palcos do MADA. Até o momento com a programação contando com 40% de artistas mulheres.

Luísa e os Alquimistas já conta com dois discos na carreira, sendo o último, Vekanandra, lançado em novembro do ano passado e segue o fluxo da musicalidade criada em conjunto por Luísa (compositora e vocalista), Zé Caxangá (synth e guitarra), Gabriel Souto (bases eletrônicas, mpc e efeitos de voz) e Pedras (baixo e samplers) e ao mesmo tempo se aventura em novas experiências sonoras. O grupo é fortemente influenciado pelo pop underground da música eletrônica surgida nas periferias do Brasil, passando pelo soul e traz também influências jamaicanas.

Fiel ao punk rock, o grupo demonia é formado por Quel Soares (bateria), Nanda (guitarra), Isabela Graça (guitarra), Karina Moritzen (vocal) e Karla Farias (baixo). A estreia delas é com o single Reptilianos Malditos, lançado em todas as plataformas streaming neste ano. A banda também pretende divulgar o primeiro EP em 2018. Com um repertório curto, porém intenso, a demonia apresenta músicas com temas tanto políticos e agressivos, quanto ácidos e divertidos.

demonia – Reptilianos Malditos

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here