Home Especiais Colunas 1PorDia: Anitta

1PorDia: Anitta

2
Compartilhar


204875_162732650453972_812569_o

 

A primeira vez que ouvi Anitta foi na voz da minha afilhada e da irmãzinha dela, na época com 9 e 4 anos respectivamente. Fiquei passada com a coreografia que elas me apresentaram e gerei um preconceito espontâneo.

O tempo passou e vi o clipe onde ela começa com roupa de bailarina, na MTV. A verdade é que lutei contra meu instinto de vê-lo até o fim e disse para mim mesma: você está louca? É impressão minha ou você estava curtindo? Passou.

Aí, eu estava em busca de novas descobertas musicais e caí na faixa que ela canta com o Projota – “Cobertor”. Essa música me confundiu bastante, eu diria. Então, resolvi parar pra ouvir de verdade. O que eu observei: ela tem a voz anasalada (até aí, a Rihanna também tem. Isso não é exatamente um problema, mas o timbre particularmente não me agrada), “mas se não quiser me olhar, vira de costas”; eu sabia mais de uma música, mesmo sem nunca ter parado pra escutar o disco; e os temas são, de certa forma, mais atuais e com mais força pra atingir a maior parte da galera pela intimidade e facilidade de assimilação com que ela trata o público.

Não, eu ainda não gosto. Mas sim, eu dançaria na noite e seria glamourosa na fila do pão. Só respeito mais agora que, de fato, parei pra entender o que é que eu estava criticando precipitadamente.

“A fórmula perfeita pra poder te comandar”. Anitta é isso. Um produto pop muito bem feito, que sabe exatamente quem quer atingir e como fazer dinheiro. Ela é a Rihanna que canta em português, como diria meu amigo Daniel Corrêa. Bem, abaixo seguem mais algumas opiniões pra gente incentivar o debate. Vale você deixar a sua nos comentários também. 🙂 PREPARA!

“Uma pessoa muito bem assessorada. Seja equipe de marketing e produtores quanto gravadora.” – Daniel Corrêa (jornalista, escritor) 

“Olha, de todos os artistas “pop” eu penso que eles têm um conceito de comerciantes, mais do que músicos. Nem sei se amam ou se ainda gostam da música que produzem.Tem sim a grande inteligência de saber exatamente o que vende no mundo e fazer isso porque é o que eles querem, com dinheiro.

Mas penso neles como negociantes, não como artistas. São cantores/as? Sim. São compositores/as? Duvido. São artistas? Definitivamente, não.” – Lautaro Michaux (músico mendozino que toca dia 05 de novembro, no Tom Jazz)

“Anitta é o que as pessoas querem. Querem em todos os âmbitos do consumo de música, querem ouvir, querem ver, querem, rs. Aquele “funk/pop” é delicioso de ouvir, isso é inegável e tem uma resposta científica pra quem ainda quer manter a pose de “cresci ouvindo Saltimbancos”, rs. Anitta pra mim é uma artista e tanto, amadurecendo como todos nós, no caminho que ela escolheu pra ser o dela e jamais terá nada de errado nisso.” – Larissa Baq (cantora e instrumentista)

“Anitta é um produto cultural que muito representa a onda chamada “ostentação”, instaurada por sua vez pela Rede Globo. Mais um produto da mesma ideologia: vender aquilo que o brasileiro (povo pobre em sua grande maioria) não pode comprar. Quanto ao valor artístico, sinceramente, não me acrescenta em nada.” – Fernando Diniz (cantor e instrumentista)

“Anita é apenas mais um subproduto do entretenimento, como um brinquedo que todo mundo esquece quando envelhece.” – Di Pietro (idealizador do Jardim Elétrico)

“Anitta é aquela moça lá que fez sucesso com o Pre-Para. Não sei mais nada sobre ela. Não é preconceito, nem nada, mas sua música não faz o meu estilo.” – Carlos Nascimento (jornalista e colaborador do Jardim Elétrico)

“Para felicidade de alguns e tristeza de outros, se foi montada totalmente por “terceiros” ou não, se existe realmente talento suficiente ou é muito mais marketing ou não… Verdade seja dita, hoje ela é um fenômeno nacional. Pessoas ouvem, lotam shows, meninas choram por ela e, de quebra, ela mostra a bunda.” – Luiz Fernando Tavares (cinegrafista e editor, irmão e mentor desta que vos fala)

1PorDia anteriores:

Bruna Moraes
Phillip Long
Soulvenir
Guido
Death Proof
Vanessa Moreno e Fi Maróstica
El Paso
Léo Versolato
Vitor Ramil
Thamires Tannous
Bernardo Puhler
Le Blanche
Matheus Von Krüger
Daniel Andrade
Casa7
Gabriel Gariba
Arthur Matos
Larissa Baq
Paulo Monarco e Dandara
Márcio Lugó
João Capdeville
Paulo Camões
Clara Valente
Tino de Lucca
Antonio Rossa
Fabricio
Benjamin
Cícero
O Terno
Estrela Leminski
Ordep
Nobat
Bianca Bacha
Conversa Ribeira
Rincon Sapiência
Planar
O Pulso
Duo Cordal
Márcio Celli
Trio Bastião
Rodrigo Del Arc
Oritá
Tiê
Andrei Furlan

Sugestões de pauta para 1pordia.carol@gmail.com.

 

2 COMENTÁRIOS

  1. Amei, até as criticas não tão positivas assim. Mas tenho que aprender a aceitar criticas realmente construtivas (assim como os outros fãs)!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here