Compartilhar

silva-canta-marisa-monte-capaQuando tinha uns 12 anos, Lucio Silva ganhou ‘Memórias, Crônicas e Declarações de Amor’, que nas palavras do músico “virou um dos discos mais importantes da minha vida.” Marisa Monte, ali, já era uma referência para ele.

Em Setembro de 2015 SILVA inundou o SESC Vila Mariana, em São Paulo, ao lado dos músicos que o acompanham em seus shows autorais, Rodolfo Simor (guitarra), Hugo Coutinho (bateria e programações) e Jackson Pinheiro (baixo) para homenagear a carioca, com o projeto inédito, “Silva Canta Marisa Monte”. A direção artística do show foi feita pelo jornalista e pesquisador musical Marcus Preto.

Em Dezembro, SILVA foi convidado para participar do programa Versões, no Canal BIS. Com direção de Pedro Secchin e apresentação de Dedé Teicher o programa tem como proposta apresentar novas interpretações de grandes clássicos da música brasileira. Prestando tributo à Marisa, Lucio deu ao público que não pode presencia-lo no SESC Vila Mariana, a oportunidade de ver e ouvir sua leitura da obra da artista.

Marisa assistiu ao programa, e enviou um e-mail para Lucio elogiando à apresentação, demonstrando sua alegria em ter sido homenageada. Para surpresa do capixaba, a cantora revelou acompanhar seu trabalho a bastante tempo.

Depois desse primeiro contato (inesperado) a relação dos dois foi se estreitando. Foi possível acompanhar a presença de Marisa em shows do SILVA, e vice versa, pelas redes sociais, e notícias sobre composições inéditas que estavam a caminho.

Na próxima sexta-feira (18) será lançado digitalmente, pelo selo Slap, o álbum “Silva Canta Marisa”, um dos frutos desse encontro de gigantes. O show de lançamento será dia 17 de dezembro no Sesc Pompeia, em São Paulo.

Esse trabalho produzido e gravado, minuciosamente, por Lucio Silva e Rodolfo Simor, conta com arranjos e timbres, criteriosamente trabalhados pelo próprio Lucio, sendo assim, o disco não é um recorte do show realizado em 2015.

Mais uma (boa) surpresa desse álbum é a composição inédita de Marisa Monte, Lucas Silva e Lucio Silva, “Noturna (Nada de Novo na Noite)”.

Agora é esperar por sexta-feira para entrar no infinito particular de Marisa Monte like a SILVA.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here