Compartilhar

Um yin-yang colorido: talvez essa seja a maneira mais abstrata de falar sobre o vídeo de “Ice cream”, uma animação experimental dirigida pelo ilustrador Daniel Sake. Usando somente três cores – a inspiração veio da composição do sorvete napolitano – o artista visual lançou dois personagens no espaço e os colocou para dançar, alternando diferentes fluxos energéticos, num loop de encontros e colisões.

Com letra de Letícia Novaes (Letrux) e melodia do Brunno Monteiro os versos descritivos e um tanto nonsenses, apresentam uma canção extremamente visual. Servindo de base para as guitarras e vozes estridentes da gravação feita por Brunno, sob produção de JR Tostoi, para o Lado B de DUPLO, segundo álbum do artista carioca. Por isso, Sake optou por explorar “energias em dualidade”, como ele mesmo define.

“Conheci o Brunno no show da coletânea Agenor – Canções do Cazuza, que Lorena Calábria e DJ Zé Pedro fizeram. Eu participei com o Letuce, e não esqueço do Brunno cantando “Nunca sofri por amor. Depois, numa tarde, ele me perguntou se eu não tinha nenhuma poesia dando sopa. Sempre tenho. Pensei numa em inglês, já torcendo pra voz dele rasgar num rock e foi o que rolou”, comenta Letícia Novaes.

Para a gravação da faixa, Brunno não conseguia pensar em cantar sem a companhia da artista carioca. Então veio o convite, “quando fiz a música, fiz pensando no tom dela, na voz dela. Então na hora de gravar mandei: bora gritar juntos? Taí o resultado, essa música punk industrial moderna com o groove do Marcos Suzano nas percussões e bateria”.

Brunno Monteiro feat. Letícia Novaes – Ice Cream

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here