Compartilhar

Entre as cantigas de ninar de sua mãe, seu envolvimento, aos 5 anos, com o coral do colégio, Bia Sabino se desenvolveu dentro das artes de forma muito natural. Suas viagens e vivências juvenis ganharam espaço em seu primeiro disco de inéditas.

Intimidade é o carro chefe de Ecos. Transbordando as possibilidades de transformação, apresenta a lei da ação e reação em sua forma mais sutil. Cada pedacinho das canções mostra um pouco de Bia e sua intimidade e doçura com relacionamentos, cotidiano e espiritualidade.

Consolidando uma busca por identidade, o disco apresenta dois momentos: o começo, extremamente solar, fala sobre nascimentos e descobertas do mundo, e o final, de forma soturna, evidencia uma jornada de autodescoberta inspirada pelo estudo dos chakras.

Ecos foi fruto de uma campanha de financiamento coletivo, com uma produção musical de Glaucus Linx, mixagem de Daniel Alcoforado e masterização de Ricardo Garcia.

Bia Sabino – Ecos

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here