Compartilhar

No início do ano a banda Aláfia lançou o álbum Sp Não é Sopa. Agora, o grupo apresenta o videoclipe de “Saracura”, canção composta por Eduardo Brechó, ao lado de Luísa Maita.

Saracura é o nome do rio que nasce na Rua Almirante Marques Leão, na Bela Vista, em São Paulo. Foi refúgio de escravos que eram vendidos na Praça da Bandeira. Ali, escondiam-se os que conseguiam fugir. Conhecido também como Bixiga, bairro é o berço da Escola de Samba Vai-Vai que, até os dias de hoje, faz seus ensaios na rua, sob o próprio rio canalizado.

A participação de Luísa Maita não é por acaso. A cantora teve toda sua infância, e parte da adolescência, vivida ali, especialmente no estacionamento do seu pai, o cantor e compositor Amado Maita. Localizado na Rua Santo Antônio, o estacionamento foi um famoso ponto de encontro entre músicos que frequentavam ou moravam naquela área notoriamente boêmia.

Thais Taverna, neta de Walter Taverna, assina o videoclipe recriando, cena a cena, a história e homenagem por trás de cada verso da canção.

A relevância de preservar a imagem do local, do rio, e das histórias ali vividas foi a base dessa composição e desse belo clipe. Com cena detalhistas, que retratam uma parte do cotidiano do bairro, Aláfia consegue mostrar a beleza dos espaços, cantando de peito aberto “Saracura do meu coração/Cada ligadura deste chão/Ostenta orgulho/E faz gente querer voar”.

Aláfia f. Luísa Maita – Saracura

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here